Logotipo Allameda
Home Page Quem Somos Serviços Cases Clientes Contatos
 
 
25/07/2006
Em São Paulo, Hospital Santa Catarina dobra número de leitos da UTI Neonatal
Com várias inovações tecnológicas, nova unidade de terapia intensiva para recém-nascidos passa a contar com 21 leitos, equipe de 17 médicos e 55 profissionais de enfermagem média pode superar 70 internações por mês

O Hospital Santa Catarina, de São Paulo, está dobrando a capacidade de atendimento de sua Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, utilizada por recém-nascidos que precisam de acompanhamento especial. Com a inauguração de uma nova UTI Neonatal, operacional já a partir desta segunda-feira, dia 24, o Santa Catarina passa a disponibilizar 21 leitos de terapia intensiva para bebês, um dos quais no esquema de isolamento. Até agora, o hospital somava 12 leitos intensivos para neonatos.

“Nossa área de Neonatologia, que há anos vem sendo considerada referência nacional de qualidade, está ficando ainda melhor”, diz o médico João Fazio, responsável pela UTI Neonatal. “Estamos com melhores condições de espaço, daremos mais conforto para os pais e teremos como ampliar o uso de técnicas de atendimento humanizado como a da mãe-canguru, que seguramente auxiliam no mais rápido restabelecimento do recém-nascido.”

Segundo Fazio, a equipe de 17 médicos especialistas da unidade será ampliada em curto prazo. Já o corpo de enfermagem da área passou por reestruturação e teve redimensionamento, explica Sueli Matsuda, chefe de Enfermagem da UTI Neonatal. Agora, o setor totaliza 55 enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem, parte dos quais atende também nos três berçários especializados do hospital.

Com a ampliação, a capacidade de admissão do setor chegará a mais de 70 recém-nascidos a cada 30 dias. Anteriormente, segundo Sueli, a média oscilava entre 35 e 40 internações mensais na UTI Neo.

Para implantar a UTI, o Santa Catarina também fez novos investimentos em equipamentos. Segundo o engenheiro Antonio Barroqueiro, responsável pela área de Infraestrutura do Hospital, entre as novidades estão incubadoras de última geração com sistema integrado de monitoração e umidificação, equipamentos de fototerapia dotados de leds, e não mais lâmpadas, respiradores específicos de alta performance e um sistema de supervisão de qualidade da energia elétrica que alimenta os equipamentos, de forma a evitar falhas, fugas de tensão e oscilações. Os berços dos nenês também têm muita tecnologia aplicada: além de serem aquecidos, contam com recursos que permitem transformá-los instantaneamente em mesas de procedimentos cirúrgicos. Já o berço da área de isolamento tem seu próprio condicionamento de ar e um sofisticado sistema de pressão negativa ou positiva do ar, que impede entrada e saída de microorganismos do local.

Além do espaço redimensionado para os profissionais de medicina, pais e bebês, a nova UTI segue modernas tendências arquitetônicas de uso de cores nas paredes e de iluminação para maior conforto.

Informações para a Imprensa
Para maiores detalhes, fotos e entrevistas, contate
Allameda Comunicação Corporativa
Mauricio Bonas – Jorn Resp Mtb 14913
11.3864-1929 – mauricio@allameda.com.br



Compartilhar



Retornar
 
 
 
Artigos
Artigos de Clientes da Allameda, especialistas em várias áreas. A republicação é livre.
Releases
Acesso a press releases e informações-chave de nossos clientes
Fotos em alta
Fotos de produtos, executivos e instalações de clientes de Assessoria de Imprensa

ALLAMEDA.COM | São Paulo | +55 11. 97999-9923

(C) 2002 ~ 2021 Allameda.com Assessoria de Imprensa