Logotipo Allameda
Home Page Quem Somos Serviços Cases Clientes Contatos
 
 
27/05/2009
Expedição Madeira chega ao final após 9,7 mil quilômetros de Brasil
Dupla de aventureiros volta a São Paulo com 6 mil fotos, muita história para contar e projeto de livro

Quase 30 dias após a partida de São Paulo, o especialista em sistemas Marcos Bonas e o empresário Athaides Maeda retornaram à capital paulista para lá de satisfeitos com a aventura que os levou a percorrer 11 estados brasileiros de carro, balsa e navio para concretizar o sonho de descer o Rio Madeira em uma típica embarcação da região. Sem experiência prévia nesse tipo de empreitada, a dupla deu conta do recado com perfeição. “Mesmo com várias situações não previstas, conseguimos nos adaptar e seguir o cronograma quase que à risca. Nossa picape aguentou o tranco de estradas feitas de crateras em que asfalto é mera lembrança e não houve incidente mais sério além de um par de malas furtadas, um abalroamento e ameaças de pistoleiros no Mato Grosso”, conta Marcos. “Agora, o desafio é organizar as 6 mil fotos, 20 horas de áudio, anotações do diário de bordo e lembranças para criar um livro da viagem. Essa parte promete dar mais trabalho que todo o resto, inclusive porque vamos buscar patrocínio para bancar o custo.”

No total, ele e Athaides percorreram 9.692 quilômetros, dos quais 6.905 por estradas de terra e rodovias. As piores não foram as de terra no Mato Grosso e Rondônia, mas as teoricamente pavimentadas no Pará, Maranhão e Tocantins. Na BR 153 e na BR 10, lembra Maeda, “mal dava para escolher em que buraco cair e passamos por um sem número de caminhoneiros desesperados com os trucks quebrados e a carga apodrecendo”. Para ele, porém, mais triste foi fazer um ranking de animais silvestres atropelados antes da chegada a Porto Velho. Foram 13 tamanduás bandeira, 7 lobinhos e pelo menos 4 tatus, além de quatis, emas, corujas e cobras.

Mas os detalhes tristes não fazem frente à riqueza de paisagens, culturas e pessoas conhecidas no percurso – gente como dona Marli, moradora de um sítio perdido no nada cujo quintal são as deslumbrantes corredeiras do rio Coxim, no Mato Grosso do Sul, e novos amigos como os sempre bem-humorados marinheiros da balsa (em que fizeram parte da tripulação) e do catamarã nos quais cortaram as águas dos rios Madeira, Negro e Amazonas.

Os viajantes não perderam a pose nem quando o navio em que desciam o Amazonas abalroou uma balsa ilegal durante a noite, exigindo intervenção da Marinha. No trajeto, mesmo em momentos de tensão como este, foram acompanhados pelos visuais deslumbrantes da floresta amazônica, das serranias de Goiás e de um vulcão extinto, avistado da balsa usada para atravessar o Tocantins, a poucas horas de Palmas. Tudo foi registrado em blogs, no twitter e no computador de bordo do carro da Expedição Madeira / Rumo ao Norte, como batizada por eles a aventura.

“O Brasil é um país incrível que precisa ser descoberto pelos brasileiros”, filosofa Marcos. “Pessoas nos mandaram mensagens o tempo todo dizendo que sonham em fazer viagens assim mas que por um monte de motivos não conseguem. O toque da gente é que basta respirar fundo e ir em frente. O país real é infinitamente melhor que aquilo que se vê nas páginas de jornais e folhetos de agências de turismo.”

Além do livro de viagem, a dupla de expedicionários já faz planos para uma nova aventura – uma das ideias é vasculhar o Sul do Brasil e descer até a região do Aconcagua, nos Andes da Argentina.

Para ver fotos, vídeos e relatos da Expedição Madeira / Rumo ao Norte, o site www.expedicaomadeira.com.br tem informações e links para os blogs e twitter da dupla.



Compartilhar



Retornar
 
 
 
Artigos
Artigos de Clientes de Allameda, especialistas em várias áreas. A republicação é livre.
Releases
Acesso a todos os press-releases e informações chave de nossos clientes.
Fotos em alta
Fotos de produtos, executivos e instalações de clientes de assessoria de imprensa.

ALLAMEDA.COM R Dr Rafael Correia 65 Cjto 4 Vila Romana | São Paulo | +55.11.3926-5580

powered by Fábrica de Tempo