Logotipo Allameda
Home Page Quem Somos Serviços Cases Clientes Contatos
 
 
18/06/2009
Novas tecnologias turbinam controle a distância em complexo da Sabesp
Sistema com comunicação celular GPRS e tecnologia PIMS leva automação avançada a 53 reservatórios de água da Unidade Capivari/Jundiaí

Cerca de 400 mil habitantes do quadrilátero formado pelas cidades de Hortolândia, Campo Limpo Paulista, Itatiba e Várzea Paulista, no interior do estado de São Paulo, estão sendo beneficiados pelo uso de novas tecnologias de controle implantadas pela Vector Engenharia em reservatórios, elevatórias, estações de tratamento e unidades de distribuição de água na região. O projeto, realizado e implantado pela empresa em obras da Unidade de Negócios Capivari/Jundiaí da Sabesp, consta de um sofisticado roteiro de aplicação de tecnologias de automação com telemetria, isto é, controle à distância, de equipamentos, máquinas e sensores remotos de captação de dados.

No projeto, dois entre os objetivos atingidos foram diminuir sensivelmente os níveis de perda de água e riscar do mapa a falta sazonal do produto nas residências e empresas da região, diz o engenheiro André Araújo, diretor Comercial da Vector Engenharia. A empresa, que venceu concorrência da Sabesp para desenvolver e implantar o plano, está sediada em Americana (SP) e mantém uma das mais respeitadas equipes de engenharia do País em automação na área de saneamento e sustentabilidade. 

Para fazer frente ao desafio de captar informações em tempo real sobre níveis de reservatórios de água e diversas variáveis pertinentes em uma região extensa e com locais de difícil acesso, o time de engenharia da Vector optou pela criação de uma grande rede de comunicação sem fio de equipamentos em campo com os computadores centrais.

No total, a empresa implantou 53 unidades remotas para monitorar igual número de reservatórios de água da região. Cada unidade é dotada de terminais computacionais, ligados a sensores e dispositivos de controle de dezenas de variáveis. Os complexos remotos enviam dados para uma Central de Controle Operacional, também desenvolvida pela Vector, e recebem comandos de ações por meio de comunicação celular. Para os contatos entre equipamentos, se optou pela tecnologia GPRS, que utiliza frequências de telefonia celular e se caracteriza por baixo custo e alta confiabilidade.

Segundo Araújo, a empresa forneceu e instalou desde a instrumentação até os tanques, bombas de dosagem de produtos químicos, válvulas, unidades remotas completas e painéis elétricos. Além disso, elaborou o projeto executivo, implantou os equipamentos, com os testes de laboratório e de campo necessários e, um ponto de destaque, desenvolveu o software aplicativo de supervisão utilizando tecnologia PIMS (Process Information Management System).

Essa tecnologia, que nasceu na indústria de processos contínuos, oferece uma série de vantagens em áreas de controle ambiental, explica o diretor da Vector. No caso desta Unidade da Sabesp, as ferramentas PIMS estão sendo usadas no monitoramento de nível dos reservatórios de água. Ela dá maior confiabilidade e acesso a grandes volumes de dados, como é o caso do controle de processos em 53 reservatórios ao mesmo tempo.



Compartilhar



Retornar
 
 
 
Artigos
Artigos de Clientes de Allameda, especialistas em várias áreas. A republicação é livre.
Releases
Acesso a todos os press-releases e informações chave de nossos clientes.
Fotos em alta
Fotos de produtos, executivos e instalações de clientes de assessoria de imprensa.

ALLAMEDA.COM R Dr Rafael Correia 65 Cjto 4 Vila Romana | São Paulo | +55.11.3926-5580

powered by Fábrica de Tempo