Logotipo Allameda
Home Page Quem Somos Serviços Cases Clientes Contatos
 
 
25/02/2015
Lady Gaga, quem diria, foi a grande "ganhadora" do Oscar no Brasil
Uma pesquisa realizada em tempo real nas redes sociais mostra que os brasileiros falaram 3 vezes mais na cantora do que em Patricia Arquette, a 2ª colocada em número de menções

Pesquisa Polis Consulting/NetBase sobre o Oscar 2015, realizada nas mídias sociais brasileiras entre 22 e 23 de fevereiro ao meio-dia, revelou o impressionante volume de 962,6 mil menções à premiação em apenas 24 horas. O levantamento, feito para demonstrar a utilização do software de pesquisas online NetBase, fez a captura e análise de dados por meio de citações espontâneas sobre o prêmio no Twitter, Facebook, em blogs, fóruns e sites de notícias, entre outros.

Uma das revelações curiosas da pesquisa foi a dos nomes que os brasileiros mais mencionaram em seus papos sobre o Oscar. Do total de 222 mil menções sobre personalidades, em primeiro lugar disparado esteve o de Lady Gaga. A cantora foi mencionada mais de 9,5 mil vezes, roubando a cena dos atores e diretores indicados, graças a sua elogiada apresentação na cerimônia e ao vestido que usou. A forma como se vestiu virou meme instantâneo nas mídias sociais – e muitos brasileiros se divertiram considerando que a intérprete usava na verdade luvas de faxina.

Após Gaga surgiram respectivamente Patricia Arquette, com 2,86 mil citações e muito aclamada por seu discurso antimachismo, e Julianne Moore, mencionada 2,28 mil vezes. Outros nomes em destaque, embora não tão vistosos, foram os de Eddie Redmayne, Neil Patrick Harris e Meryl Streep.

Melhores filmes
Os três melhores filmes, segundo os brasileiros que habitam o mundo virtual, foram Birdman (26,1 mil citações), Boyhood (17,3 mil) e O Grande Hotel Budapeste (9,7 mil). Em seguida vieram Whiplash, A Teoria de Tudo, Sniper Americano, Selma e O Jogo da Imitação.

Um dado interessante mostrado pela pesquisa Polis Consulting/NetBase se relaciona à questão de gênero nas redes sociais. Embora tanto homens quanto mulheres se interessem pelos temas Oscar e cinema, a mulher gosta mais de falar a respeito. Dos 459 mil depoimentos em que foi possível identificar o gênero, 57% foram feitos por mulheres. Conversas de homens ficaram 14 pontos percentuais abaixo. Um dos assuntos em que as menções também mostraram a diferença entre os sexos foi a campanha contra o machismo feita por atrizes: o público feminino citou o tema 608 vezes, contra 282 do masculino.

Mídia e moda
Um dos pontos altos captados pela pesquisa foi a consolidação do hábito “segunda tela” entre os internautas do Brasil. Ao mesmo tempo em que assistiram à premiação pela tevê, os brasileiros  não pararam de comentar nas redes suas sensações e emoções.

Para os profissionais de mídia e de moda duas revelações do levantamento são relevantes. A hashtag com o nome do canal TNT (#OscarNaTNT) foi uma das campeãs entre termos associados ao prêmio, com 43,7 mil menções, e a conexão entre moda e Oscar ficou clara com milhares de conversas sobre as roupas de atores e atrizes. Só o termo “vestido”, por exemplo, surgiu mais de 11 mil vezes na noite da premiação.

Para saber mais sobre a pesquisa online do Oscar, visite www.polisconsulting.com.br.


Compartilhar



Retornar
 
 
 
Artigos
Artigos de Clientes de Allameda, especialistas em várias áreas. A republicação é livre.
Releases
Acesso a todos os press-releases e informações chave de nossos clientes.
Fotos em alta
Fotos de produtos, executivos e instalações de clientes de assessoria de imprensa.

ALLAMEDA.COM R Dr Rafael Correia 65 Cjto 4 Vila Romana | São Paulo | +55.11.3926-5580

powered by Fábrica de Tempo