Logotipo Allameda
Home Page Quem Somos Serviços Cases Clientes Contatos
 
 
26/11/2002
Vírus, maiores ameaças da internet
por Rosângela Silqueira

O e-mail se tornou o meio de propagação mais utilizado pelas pragas virtuais de maior poder de destruição. A Computer Associates (CA) divulgou recentemente  a relação dos dez vírus que mais provocaram danos em 2001 para usuários finais e corporativos.

 1 Win32.Badtrans.B
 2 Win32.Sircam.137216
 3 Win32.Magistr
 4 Win32.Badtrans.13312
 5 Win32.Magistr.B
 6 Win32.Hybris.B
 7 Win95.MTX
 8 Win32.Nimda.A
 9 VBS.VBSWG.Generic
 10 Win32.Goner.A

Mais de 90% dos piores vírus do ano passado usam o e-mail como modo de disseminação. Como usuários da Internet teremos que tomar ainda mais cuidado para nos protegermos dos ataques de vírus e de intrusos cada vez mais sofisticados, capazes de causar grandes danos e de se alastrar por diferentes caminhos.

O nível de conhecimento que os criadores de vírus demonstram continua crescendo de modo assustador, o que significa que tanto os usuários como os fabricantes de antivírus devem investir para melhorar o nível de sofisticação de suas estratégias de defesa, afirma Ian Hameroff, diretor de soluções antivírus da CA.

Uma coisa é certa: ou o hábito das pessoas e as práticas mudam, ou nós vamos assistir a maior devastação neste ano, alerta.

Dicas de segurança

Para evitar vírus de computador precisamos saber o que são e como se proteger. Abaixo damos algumas dicas sobre vírus de computador e como se proteger deles.

O que são vírus de computador?

São programas desenvolvidos para alterar nociva e clandestinamente softwares instalados em um computador. Eles têm comportamento semelhante ao do vírus biológico: multiplicam-se, precisam de um hospedeiro, esperam o momento certo para o ataque e tentam se esconder para não ser exterminados. Estão agrupados em famílias, com milhares de variantes.

Ø      Como os vírus de computador se propagam?

Os vírus de propagam por meio de disquetes e de arquivos compartilhados, pelas redes corporativas, por arquivos anexados em mensagens de correio eletrônico e pela Internet. A rede mundial é hoje a principal via de propagação dos vírus –principalmente os de macro e os chamados cavalos de tróia–, pois ela permite que os usuários de computador façam download de vários programas e arquivos de fontes nem sempre confiáveis.

Ø      Como os vírus são ativados?

Para ativar um vírus, é preciso rodar (executar) o programa infectado. Quando você executa o código do programa infectado, o código do vírus também é executado e tentará infectar outros programas no mesmo computador e em outros computadores conectados a ele por rede.

Mas atenção: já estão aparecendo os primeiros vírus que não precisam ser executados para infectar o computador. Portanto tenha muito, muito cuidado com arquivos anexados em e-mail.

Ø      Que tipos de arquivo podem espalhar vírus?

Todo o arquivo que contém códigos executáveis podem espalhar vírus (.exe, .sys, .dat, .doc, .xls etc.). Os vírus podem infectar qualquer tipo de código executável. Por exemplo: alguns vírus infectam códigos executáveis no setor de boot de disquetes ou na área de sistema dos discos rígidos.

Outros tipos de vírus, conhecidos como vírus de macro, podem infectar documentos que usam macros, como o processador de textos Word e a planilha de cálculos Excel. Macros são códigos utilizados para automatizar tarefas repetitivas dentro de um programa.

Arquivos de dados puros estão seguros. Isso inclui arquivos gráficos, como .bmp, .gif e .jpg, bem como textos em formato .txt. Portanto, apenas olhar arquivos de imagens não provocará a infecção do computador com um vírus.

Ø      O que são cavalos de Tróia?

São programas aparentemente saudáveis que carregam escondido o código de um vírus. Por exemplo: você faz um download do que pensa ser um joguinho legal, mas quando executa o programa, ele apaga arquivos de seus disco rígido ou captura a sua senha da Internet e a envia por e-mail para outra pessoa.

Ø      O que são vírus de e-mail?

Não existem vírus de e-mail. O que existem são vírus escondidos em programas anexados ao e-mail. Você não infecta seu computador só de ler uma mensagem de correio eletrônico escrita em formato texto (.txt). Mas evite ler o conteúdo de arquivos anexados sem antes certificar-se de que eles estão livres de vírus. Salve-os em um diretório e passe um programa antivírus atualizado. Só depois abra o arquivo.

Ø      O que fazer para evitar os vírus?

Existem vacinas para os vírus de computador. São os softwares antivírus, que podem ser usados também como um antídoto em máquinas já infectadas. Existem vários programas no mercado, que são atualizados constantemente. Antes de comprar um ou baixar uma versão da Internet, verifique se o software é certificado pelo ICSA (Internetional Computer Security Association), uma entidade mundial que testa e aprova a qualidade dos softwares antivírus e de outros programas de segurança.

Mas atenção: Os anti-vírus precisam ser atualizados sempre. Um anti-vírus desatualizado causa uma falsa impressão de segurança.

Ø      Onde obter mais informações sobre vírus?

A Internet está cheia de sites com informações sobre vírus e com dicas de prevenção e proteção. É possível encontrar softwares antivírus gratuitos, suporte on line 24 horas e até diagnóstico à distância.

Aqui vão alguns endereços:

Ø      International Computer Security Association Virus Lab: traz a lista de programas antivírus certificados pela entidade, a lista de vírus existentes e a descrição de como atuam, alertas sobre novos vírus, informações sobre hoaxes e links para sites sobre vírus. É o mais completo site sobre vírus de computador.

Ø      Centro de pesquisa de vírus da IBM: traz serviço gratuito de consulta on line e desenvolvimento de vacina contra vírus desconhecidos. O internauta precisa enviar um e-mail ao suporte, indicando os sintomas e as características do vírus e uma cópia anexada do arquivo ou do programa suspeito. O suporte faz a análise do arquivo, e, caso seja detectado um vírus desconhecido, desenvolve uma vacina em 48 horas.

Ø      AVP Virus Encyclopedia: glossário, classificações de vírus de computador, métodos para detecção e remoção de vírus e lista de vírus.

Ø      Antivirus Research Center: centro de pesquisa sobre vírus da Symantec, fabricante do Norton Antivirus. Traz informações sobre como agem os vírus, quais são os mais nocivos e glossário de termos técnicos.

Ø      Mac Virus: novidades, ajuda, informações sobre antivírus e referência para usuários de Macintosh.

Ø      Virus Info Library: biblioteca de vírus da Network Associates, fabricante do VirusScan. Traz informações sobre vírus (alertas, nomes, tipos), hoaxes e documentação técnica.

Ø      Trend Micro: a fabricante do antivírus PC-cillin disponibiliza um serviço on line gratuito para detecção de vírus, batizado de Housecall. O internauta clica no símbolo da ambulância, espera alguns segundos, indica que disco (HD, CD ou disquete) ou arquivo deve ser verificado e espera pelo check-up. Se for encontrado algum vírus, o Housecall faz a limpeza do arquivo. Traz também enciclopédia, calendário e um guia sobre vírus para iniciantes.

Ø      Virus Information Center: site da Computer Associates, fabricante do antivirus Innoculan. Traz informações sobre vírus, hoaxers e uma seção que ensina como agir quando o micro é infectado por um vírus.

Ø      Mynetis: Site com informações sobre vírus e informações sobre como se desinfectar dos principais vírus. Permite que você faça uma verificação de vírus on-line, bastante eficiente.

Sobre a Autora: Rosângela Silqueira Hickson Rios tem 15 anos de experiência como Engenheira de Sistemas e em desenvolvimento de projetos para a internet nas áreas de educação à distância e comércio eletrônico. É formada em Engenharia Mecânica, com mestrado em Ciência da Computação e especialização em Análise de Sistemas. É diretora de Tecnologia da Educação do III Millennium e Country Manager Brasil da Propon Inc.
      
(publicado em Allameda a 26/11/2002)

Compartilhar



Retornar
 
 
 
Artigos
Artigos de Clientes de Allameda, especialistas em várias áreas. A republicação é livre.
Releases
Acesso a todos os press-releases e informações chave de nossos clientes.
Fotos em alta
Fotos de produtos, executivos e instalações de clientes de assessoria de imprensa.

ALLAMEDA.COM R Dr Rafael Correia 65 Cjto 4 Vila Romana | São Paulo | +55.11.3926-5580

(C) 2002 ~ 2019 Allameda.com Assessoria de Imprensa